• Envente

Como contratar um artista?

Você quer contratar um artista pro seu evento, mas não sabe nem por onde começar? Leia até o fim que hoje eu te ensino como falar com aquele seu ídolo e ainda levar ele pro seu evento.

Bom pra começar esse vídeo, nem todo evento necessita da contratação de um artista. Tudo vai depender do foco do evento, do público, do que você quer passar para as pessoas que irão assistir. Se depois de analisar tudo isso você decidiu que vai mesmo contratar um famoso, prepara o bolso! Eles cobram bem, mas também fazem do evento um sucesso. Então aqui vai 5 dicas de como contratar um artista para o seu evento, já pensando que você sabe qual artista quer.


Dica 1: Onde procurar?

Comece olhando as redes oficiais do artista que você quer. O artista tem site? Tem Instagram? Facebook? Linkdin?Joga no Google lá “Artista contatos” e se joga pra procurar. É por ai que você vai pegar o contato correto. Muito cuidado nessa hora pra não cair em golpe de páginas falsas, hoje em dia as redes todas são certificadas de que são daquela pessoa mesmo, se for uma banda famosa por exemplo, normalmente elas tem site.

Ah, e outro ponto a observar é que muitos artistas colocam o contato de uma assessoria ou outra empresa, nem todos... Aliás a maioria, não trata diretamente. Tem sempre um assessor no meio.


Dica 2: Faça contato e seja claro no objetivo

Assim como você, o artista ou assessor dele não tem tempo pra perder nessa vida.

Então você não precisa mandar um e-mail dizendo o quanto ama ele e o quanto espera para poder encontrar com ele.

Seja direto. Diga que você tem um evento tal dia, tal hora, que gostaria de verificar quanto que ele cobra pra fazer uma palestra, ou um show ou seja o que for que você precisa. Informe tudo o que pode fazer diferença nessa contratação, como local, tempo que ele deve ficar no evento, o que você espera que ele faça, se tem sessão de fotos ou de autógrafo, fale simplesmente tudo! E aí...lá no final, se você não se aguentar..pode mandar um “admiro muito o trabalho dele”. Pronto, foi simpático e prático.


Dica 3: Cachê e despesas são coisas separadas.

E aqui, eu vou colocar 2 itens diferentes na mesma dica. Contratação de artista e contratação de banda. Por que essa diferença? Vamos começar pelo artista: você recebe o orçamento de digamos...10 mil pra ele participar do seu evento.

Ah não ser que o assessor informe nessa proposta que “Está tudo incluso no valor”. A única coisa que está incluso nesse valor é o cachê dele. Além do cachê, você tem que pagar passagem aérea (se ele não for da sua cidade), hospedagem (se ele precisar ficar uma noite na cidade), transfer (ida e volta aeroporto e ida e volta pro seu evento. Dependendo do nível do artista, ele pede um carro a disposição dele o tempo todo) e também a alimentação dele enquanto estiver na cidade do evento. Além desses gastos, sempre observe depois no contrato, pois alguns artistas ainda pedem um camarim, com vários itens, desde alimentação, até móveis. E ai você pensa: mas eu não to pagando alimentação? Tem que colocar mais alimentação no camarim? Tem.

Contratação de banda: A contratação de uma banda pro seu evento, envolve o valor do cachê que vai estar na proposta, além de passagens aéreas para todos os músicos da banda, passagens da produção (e dependendo do tamanho da banda isso vai fácil a umas 15/20 pessoas), sem exagero. Você paga também Diária de alimentação, transfer e hospedagem pra todo mundo. E ainda, dependendo do que eles precisam carregar de equipamentos para o show, você paga também o quilometro rodado da carreta de equipamentos, que raramente vai por avião. Todas as bandas que eu já contratei pra eventos, foi carreta terrestre. E não tem choro nem negociação, isso tudo faz parte do contrato. Além disso, (sim tem mais!), as bandas tem todo um planejamento de palco, iluminação, sonorização, então quando você pede orçamento de cachê, já peça junto o rider técnico de som, luz e palco. Estes 3 itens são sempre orçados e contratados separados.


Dica 4: O contrato é o seu guia.

Já aconteceu comigo mais de uma vez de um mal entendido ser resolvido graças ao contrato. Sabe aquele "disse que me disse", combinamos por telefone, aperto de mão? Não rola!

Depois que você decidiu que vai contratar o artista, ficou "ok" o valor que ele pediu e o evento vai bancar todas as despesas, você pede o contrato. Leia ele por inteiro, sublinhe, destaque tudo o que e importante. Se tiver algo que você não concorda, tente negociar com o assessor. E depois de assinado, é em cima do contrato que você vai trabalhar para fazer a vinda do seu artista querido perfeita.

E aí você pergunta "Mas não posso combinar nada pelo whatsapp?" Claro que pode! Desde que seja tranquilo e fique tudo bem claro pra todo mundo. O problema acontece quando você combina uma coisa com o assessor no whatsapp e depois ele fala que não é o que estava em contrato. Sendo que vocês combinaram. Então muito cuidado! Tenha tudo sempre por escrito. Se você puder contar com uma assessoria jurídica inclusive para ler este contrato, ótimo! Assim todo mundo faz a coisa certa e o evento será um sucesso.


Dica 5: Enjoy the moment, sem ser um chato!

Você pode e deve aproveitar muuuito o evento, o seu artista, tirar foto, pedir autógrafo…(alguém ainda pede autografo hoje em dia?). Mas não seja um chato tentando fazer o artista ficar no local por mais tempo do que o combinado, ou fazendo coisas que não estavam no contrato. Afinal esse é o trabalho dele e assim como você...ninguém gosta de abuso no trabalho!

Até o próximo post!



#evento #eventos #organizaçãodeeventos #eventoscorporativos #empresadeeventos #produtoradeeventos #produtora #produçãoevento #organizadoradeeventos #promotoradeeventos

0 visualização

Associados

contato@envente.com.br

Fone: (51)3012-0073 / (51)99432-8000

Horário: 9h às 12h e 13h30 às 18h 

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram

Envente Eventos | Todos os direitos reservados